domingo, julho 28, 2013

MODOS DE RESOLVER UMA CHATEAÇÃO!




1. Não responda imediatamente

É realmente irritante quando alguém é rude com você via e-mail, mas a situação é ainda pior se você também se torna grosseiro. Portanto, se você tem tendência a perder a paciência com esse tipo de comportamento, evite respondê-los no calor do momento. Pule esses e-mails, leve algum tempo para pensar com calma em uma boa resposta e só então volte a eles. IÓ: Eu respondi porque fiquei indignada!

2. Use respostas padrão
Crie respostas padronizadas e capazes de atender a uma gama ampla de assuntos, dessa maneira você não precisa passar pelo estresse de responder um e-mail grosseiro de maneira personalizada. Lembre-se apenas de editar o nome do destinatário e o tema sobre o qual vocês estão discutindo e então utilize a sua resposta modelo. Nesse tipo de resposta você pode comentar que está aberto a ouvir opiniões e que sente muito pelo mal entendido. Isso já vai ajudar a “amolecer” a pessoa do outro lado. Em muitos casos, devido ao acesso de raiva, as pessoas nem se dão conta de que estão sendo rudes. IÓ: Acho que a pessoa não pensou no que fez comigo pois gosto muito dela.
  
3. Abuse da gentileza
Não a ponto de parecer irônico, mas seja gentil com a pessoa que está tratando você de maneira grosseira. Receber um e-mail educado logo após um acesso desnecessário de raiva pode desmontar os argumentos do seu destinatário. Para isso você pode reconhecer a frustração da pessoa e, logo após, mostrar todos os seus esforços em resolver o problema. Lembre-se de ser o mais educado possível, para que a outra pessoa não tenha motivos para desvalorizar o seu trabalho. Ió: tipo bofetada de mão de luva!

 4. Tenha um amigo “cabeça-fria”
O problema com os e-mails grosseiros é que nós somos incapazes de não torná-los um problema pessoal. É muito difícil evitar que esse tipo de correspondência afete o nosso dia. Por isso, uma boa ideia é encontrar um amigo que esteja fora da situação para que ele opine. Procure não atrapalhar demais o trabalho dele, mas se você sente que está envolvido demais naquele problema, pela a ele que dê uma olhada no que você está prestes a enviar. Um parecer neutro pode ser útil nesses casos.Ió: conversei com minha filha pois ela tem bom senso e critérios.


 5. Prossiga com o seu trabalho ou sua atividade

Deixar que um e-mail desse tipo destrua o seu dia de trabalho ou sua atividade  não faz o menor sentido. Uma vez que o problema foi resolvido, desligue-se dele e siga a sua vida. Lembre-se de que sempre existirão pessoas grosseiras, seja por e-mail ou pessoalmente. O que você pode fazer a respeito disso é não deixar que elas afetem a sua vida. Ió: Porém, não estou conseguindo relaxar e esquecer. Só o tempo!


Postar um comentário