sexta-feira, maio 08, 2009

LINGUAGEM INDIANA E ALGUMAS CURIOSIDADES DA ÍNDIA


Baldi ou Papa: pai

Mami ou Mamadi: mãe

Bhaya: irmão mais velho

Didi: irmã

Djan: querido, amado

Tchalô/Chalo: vamos!

Djan, djan: vá, vá, vamos

Ulu: pessoa estúpida, burra

Ulucapatá: o maior de todos os burros ou “grande senhor dos burros”, como traduzem os indianos

Atchá: expressão de satisfação, ‘tudo bem’

Atchatchatcha: muita satisfação

Tik: sim

Tik he: ‘tudo bem’

Mahadeva: Deus Supremo, sinônimo de Shiva.

Laksmi: nome próprio de uma deusa que traz prosperidade e beleza para a terra

Manglik: pessoa amaldiçoada para o amor. Isso significa que o primeiro casamento da vida dessa pessoa está condenado ao fracasso, mas nada se sabe quanto ao segundo. Por isso é recomendado que ela se case com um animal ou um vegetal para se livrar de tal maldição. Este ritual de casamento é chamado de Kumbh Vivah.

Namastê: um cumprimento para saudar as pessoas. Significa “o deus que habita em mim saúda o deus que habita em você”.

Puja para Ganesha: Puja é um tipo de ritual e Ganesha é a divindade mais popular da Índia. Na ocasião, são oferecidas comidas como coco, doces, grão de bico e outras iguarias indianas. Além das oferendas, flores, incensos e velas devem enfeitar o ritual.

Rupia: a moeda da Índia. Uma rupia divide-se em 100 paisas (como os centavos, no Brasil). A palavra “Rupiah” deriva do inglês “Rupee” ou do sânscrito “Rupya” que significa prata. Na Índia, todas as notas trazem a imagem de Gandhi.

Sari: roupa típica da Índia usada pelas mulheres. Trata-se simplesmente de um pano enrolado no corpo.

Por Sabrina Passos
Postar um comentário