segunda-feira, outubro 27, 2014

CHEGAR A TERCEIRA IDADE



Por vezes é preciso lembrar a minha realidade, gostei 
desse poema que encontrei no grupo A. Ruralidades 
dos amigos de Portugal. 
Do Alentejo, de Carkos Correa.

Chegar à terceira idade
Não é chegar ao fim da vida.
É sentir a felicidade
De outra etapa vencida.
Aceite bem a velhice
Acolhe-a com ternura
É uma grande doidice
Cavar cedo a sepultura.
Não te consideres inútil
Ao chegar a terceira idade
Afasta essa ideia fútil
Venha para universidade
Cá recebemos conselhos
E somos todos iguais
Por vezes, os mais velhos
Ainda aprendem muito mais.
Por isso lê, converse, anda
Não dês largas à solidão
E não entrar em demanda
Com teu próprio coração.


Postar um comentário