quarta-feira, dezembro 02, 2009

O DIA DO DESESPERO...se fu Iolanda




Eu sou uma pessoa que nunca me desespero a não ser com contas e impossibilidade de pagá-las.Agora me encontro nesse desespero. Nunca me vi assim. Sempre tenho uma luz para me ajudar. Hoje não consegui nada. Nem os que me devem e nem naqueles que eu sempre poderia pedir. E outros nem me atrevo em pedir.

Choro aqui essa agonia pois é um mais que agonia ficar atada a dívidas.

Isso é só desabafo pois não estou pedindo nada a ninguém. O tempo não está fácil e quem tem tb não empresta. É só. Vou me recolher para pensar como devo me enterrar mais uma vez para me sair dessa desse mês de novembro. Parece que tudo está contra mim. Será um mau-olhado?
Postar um comentário